Mil Cores®- arte fotográfica / photographic art
Almada, Portugal, Tel. (+351) 212 959 212    
Cabo da Roca 
Imagens do lugar mais ocidental do continente europeu 

Edição conjunta de 
Mil Cores e Instituto da Conservação da Natureza

Cabo da Roca
Images of the westernmost point of continental Europe

Joint edition of
Mil Cores and the Institute of Nature Conservancy

Piscina dos Ouriços, ao fim da tarde. Praia da Grota.
Sea Urchin Pool at late afternoon (Grota Beach).


Talvez nem todos os portugueses se tenham já disso apercebido, mas o ponto mais a Oeste de toda a Europa continental situa-se... em Portugal! E fica até muito perto da capital, naquele sítio mágico onde a Serra de Sintra se faz ao Atlântico, o Cabo da Roca. 
 

O livro  

Precisamente para nos revelar a beleza invulgar deste local, deu à estampa e acabou de lançar no mercado a Mil Cores, editora de arte fotográfica, um interessante livro de fotografia de Natureza da autoria de José Romão, que tem surpreendido todos.  

"Quisemos produzir uma obra da máxima qualidade gráfica, como nunca fora feito dantes em Portugal" diz-nos José Romão, que é também proprietário da Mil Cores. De facto, "o papel utilizado no miolo é um couché arte especial de altíssima qualidade, utilizado em edições museológicas onde é crucial obter a mais fiel reprodução das imagens originais em toda a sua vivacidade de cores, todas as nuances dos meios tons, todo o detalhe das sombras bem como das claras. O papel, fabricado na Alemanha e importado para este trabalho, tem uma textura mate, como é norma nos melhores livros de arte, para que nela se possa reflectir todo o brilho das tintas, transmitindo algumas imagens a sensação das fotografias terem sido coladas no livro em vez de nele impressas. Para evitar a transparência, a sua espessura, de 170g/m2, é a máxima ainda passível de dobragem automática. Experimentámos imprimir algumas folhas noutro tipo de papel mais comum e as imagens pareciam as dum jornal! A cor e nitidez obtida no nosso papel é incomparável. E embora o alto custo da matéria prima (miolo e cartolina da capa) tornem o livro obrigatoriamente menos lucrativo, em nada quisemos poupar: só em afinações rejeitámos uma quantidade de provas muito acima do que é usual. O processo de pré-impressão e a impressão do livro foram conduzidos numa das melhores tipografias portuguesas, com o nosso inteiro e exaustivo acompanhamento, para garantir os padrões de alta qualidade por que nos norteamos."  

É fácil de constatar que, com este livro, Portugal eleva-se a um nível superior, pois a partir de agora também o nosso país produz obras com qualidade fotográfica e tipográfica só atingida pelos países mais modernizados. É como se dispuséssemos agora dum novo atleta a competir numa modalidade olímpica onde Portugal ainda não se fazia representar.  

As imagens  

José Romão não nos mostra um país saloio, como se vem tradicionalmente vendo em livros e revistas, as aldeias de telhados laranja, os reformados de boné sentados nos bancos dos jardins, as velhotas "típicas" de lenço preto… mas antes propõe-nos uma imagem nova, lavada, um Portugal elegante, elevado, de classe. As paisagens da Natureza selvagem, altiva, solitária, idílica, provando definitivamente como José Romão refere no seu livro que "ainda se não extingiu o belo da Natureza em Portugal, e que ela merece todos os esforços de protecção para que a possamos usufruir, nós e as gerações vindouras, em conjunto com as outras espécies!"  

A fotografia de José Romão revela-nos com grande sensibilidade, paisagens da costa, as escarpas rochosas e o mar tomadas em condições de luz fugaz, dos amplos espaços abertos aos recantos mais reservados. Mostra-nos plantas das mais raras de Portugal, o que representa já um valor por si só, mas vistas pela objectiva de José Romão ressaltam-lhes as cores, os minúsculos detalhes. O livro deixa o leitor a perguntar-se "...mas todas estas fotos foram tiradas em Portugal?"  

A sofisticação técnica de algumas fotografias não passará despercebida aos olhos do especialista, mas, admiravelmente, na maioria das imagens o autor não fez uso de quaisquer filtros especiais e mesmo assim as cores resultam fabulosas. Aliás, o equipamento que José Romão usou para obter cada imagem é listado no final do livro, em extensivas notas técnicas, vocacionadas para os amantes da fotografia. Aliás, é também a estes que o livro se destina, já que, se metade do texto fala do Cabo da Roca e seu ambiente, espécies que o povoam e os perigos que as ameaçam, na outra metade José Romão revela um vasto conjunto de técnicas a que recorre para fotografar a Natureza nas mais variadas situações.

O texto  

O texto deixa permear e transmite a sensação quase real de estar num local particularmente belo dum parque natural (o de Sintra - Cascais, como é o caso). No texto, José Romão descreve a região, relata histórias antigas, expõe os seus problemas ambientais actuais, oferece-nos a experiência profissional colhida no local pelo fotógrafo, descreve as actividades de descoberta do Cabo, e inclui citações de poetas e filósofos, e especificações técnicas para cada fotografia.  

Características técnicas  

Com 31x23,5 cm2 de formato, 48 páginas, capa de cartolina plastificada, com badanas e à qual nem falta o código de barras, mostra na frente um pôr-do-Sol na base da falésia. As 39 fotografias, todas a cores, reproduzem-se a meia-página ou página inteira

A edição é bilingue, apresentando cada página de texto uma coluna em português e a outra em inglês, lado a lado, sendo útil até para quem queira aprender inglês (ou português). A tradução é excelente, feita por Janet Manry, uma especialista americana com mestrado, que já esteve várias vezes no nosso país e que fala e escreve fluentemente a língua portuguesa. Toda a tradução foi feita em tempo recorde por tecnologia de ponta: correio electrónico entre Lisboa e Houston, Texas, algum enviado directamente para o telemóvel enquanto se procediam aos últimos arranjos na tipografia.  

A edição, de 7000 ex., tiragem superior ao que é vulgar neste tipo de obras em Portugal, aposta no público fiel das revistas de viagens mais cuidadas fotograficamente, e nos turistas que visitam o país, certamente desejosos de levar uma recordação de Portugal diferente das vistas habituais.  

Na Internet, pois claro!  

Uma curiosidade é que este livro já tem uma página na Internet só para si, onde pode desde já ser apreciado pelo público de todo o mundo, com especial interesse para as Comunidades portuguesas, a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, os países de língua inglesa, e a União Europeia. Aqui se podem visualizar muitas das imagens e ler alguns trechos do livro, em português ou inglês, bem como encomendá-lo, ou encomendar ampliações fotográficas autênticas das imagens originais e assinadas pelo autor. O endereço é: http://www.milcores.pt/.  

Avaliado em 25 euros (mínimo), como obra de Arte que é, este livro encontra-se à venda por 20 euros. O baixo custo torna-o um excelente atractivo, para se ler e ter na mesinha do café para deliciar as visitas, como prenda de anos, como lembrança.  

Aguardamos com expectativa o Portugal ainda por explorar que José Romão nos possa ir revelando.

Probably not even all of the Portuguese have realized it, but the westernmost point of the European continent is located ... in Portugal! And it is very close to the capital, in that magic site where the Sintra Range reaches the Atlantic: Cape Roca.

The book

Precisely to reveal to us the unnatural beauty of this place, Mil Cores, publisher of photographic art, printed and recently launched into the market an interesting book on nature photography written by Jose Romao that has surprised everyone.

"We wanted to produce a work of maximal graphic quality, such as has never been done before in Portugal," says Jose Romao, who is also owner of Mil Cores. In fact, "the paper used in the inside is a special art paper of the highest quality, used in museum editions, where it is crucial to obtain the most faithful reproduction of the original images in all of their vivid colors, all of the nuances of the half tones, all of the details of the shadows as well as the highlights. The paper, made in Germany and imported for this work, has a matte texture, as is normal in the best books of art, so that in this book, it would be possible to reflect all of the brilliance of the inks, transmitting to some images the sensation that the photographs themselves had been placed directly into the book instead of being printed there. To make sure that the images on one side of a page didn't show through to the other, we used the heaviest paper (170g/m2) available that could still be folded automatically. We tried printing some pages using another more common type of paper, and the images looked like those in a newspaper. The color and sharpness obtained with our paper is incomparable. And although the high cost of the premium paper used for the inside and of the coverboard of the cover made the book necessarily less lucrative, we didn't want to skimp in anything: even in the finishing touches, we rejected more proofs than is usually done. The pre-printing process and the printing of the book were conducted by one of the best printers in Portugal, whom we accompanied every step of the way in order to guarantee the standards of high quality by which we are guided."

It is easy to see that, with this book, Portugal has raised herself to a higher level. Our country now produces works with the quality of photography and printing normally only achieved by the more modern countries. It is as if we are a new athlete setting out to compete in an Olympic event where we have never before been represented.

The images

Jose Romao doesn't show us the rough, primitive country that one traditionally sees portrayed in the media: the villages with orange tiles, the retired men wearing a hat and seated on the park benches, the "typical" old women with the black shawls ... but rather, he proposes to us a freshly washed image of an elegant, distinguished Portugal. The landscapes of the natural wilderness, arrogant, solitary, idyllic, prove definitively, as Jose Romao says in his book, that "the beauty of nature has not yet been extinguished in Portugal and that it deserves all efforts to protect it so that we may legitimately use it, we and the generations to come, in conjunction with the other species!"

The photography of Jose Romao reveals to us with great sensitivity coastal landscapes, rocky battlements, and the sea, taken under conditions of fleeting light, from the widest open spaces to the most hidden corners. He shows us some of the most rare plants of Portugal, which by itself is valuable, but seen through the lens of Jose Romao, the colors and the minute details jump out at you. The book makes the reader ask himself, "...but all of these photos were taken in Portugal?"

The technical sophistication of some photographs doesn't pass unperceived to the eyes of the specialist, but, amazingly, in the majority of the images, the author doesn't use any special filters, and even so, the colors come out fabulously. In addition, the equipment that Jose Romao used in order to obtain each image is listed at the end of the book in extensive technical notes directed towards lovers of photography. It is to these also that this book is directed, since, if half of the text talks of Cape Roca and its environment, the species that populate it, and the dangers that threaten them, the other half reveals a vast collection of techniques to which Jose Romao turns in order to photograph Nature in the most varied situations.

The text

The text lets through and transmits the quasi-real sensation of being in the particularly beautiful locale of a nature park In the text. Jose Romao describes the region of the Sintra-Cascais nature park, relates its ancient stories, and exposes its current environmental problems. He offers us the professional experience he obtained here and describes his adventures while discovering the Cape, including citations from poets and philosophers and technical specifications for each photograph.

Technical characteristics

With a size of 31x23.5cm2 (12.4x9.4 inches), 48 pages, a cover of laminated cardboard with flaps and bar code, the cover of the book Cabo da Roca shows a sunset at the base of a cliff. The 39 photographs, all in color, take up either half a page or the entire page.

This edition is bilingual. Each page of text presents one column in Portuguese and one in English, side by side, which is useful for those who want to learn Portuguese (or English). The translation is excellent and was done by Janet Manry, an American specialist with a Master's degree who has already been in Portugal several times and who speaks and writes fluently in the Portuguese language. The whole translation was done in record time, using the latest technology: electronic mail between Lisbon and Houston, Texas, USA. Some text was even sent directly to a cellular phone in the printer's office when last-minute changes to the layout had to be made.

This edition of 7000 copies, with a quality far superior to what is normal in this type of work in Portugal, is an expression of faith in the loyal readers of the better quality travel magazines and in the tourists visiting the country who certainly wish to take home a souvenier of Portugal that is different from those normally seen.

On the Internet, of course!

This book already has its own page on the Internet, where it can be appreciated by everybody in the world, especially by those in the Portuguese communities, the Community of the Countries of the Portuguese Language, the countries of the English language, and the European Union. Here, one can view many of the images and read some excerpts from the book in Portuguese or English, as well as order the book or order authentic, autographed enlargements of the original images. The address is: http://www.milcores.pt/.

Worth at least EUR 25, for the work of art that it is, this book is being sold for EUR 20. The low cost makes it an attractive purchase: to read and keep on the coffee table in order to delight those who come to visit, as a birthday present, or as a keepsake.

We wait expectantly to explore the rest of Portugal that Jose Romao has yet to reveal to us.
"Antes de mais gostaria de lhe dar os parabéns por esta magnífica obra. O meu nome é Ana, sou estudante de Fotografia e, durante uma pesquisa sobre Fotografia de Paisagem, visto ser uma área da Fotografia com a qual me identifico, foi-me dado a conhecer o seu trabalho. Fiquei completamente fascinada, não só pela beleza das imagens, pela magia das cores, mas por tudo o que elas me transmitiram. Numa disciplina do curso foi-me pedido para desenvolver uma análise crítica sobre o trabalho de um fotógrafo, e, ao ver as imagens do seu livro, decidi desenvolver a análise baseando-me nas suas imagens."
Ana, Porto
(Nota da Mil Cores: chegou igualmente ao nosso conhecimento que o livro Cabo da Roca é utilizado no curso de Arquitectura da Universidade Autónoma de Lisboa)
  "I would like to begin by congratulating you for this magnificent piece of work. My name is Ana, I'm a Photography student, and during a research on Landscape Photography, which is the area of Photography I relate best to, your work was introduced to me. I was completely fascinated not only by the beauty of the images and the magics of the colors but also for what they conveyed to me. I was asked in a course to write a critical analysis on the work of a photographer, and when I saw the images of your book I decided to base my essay on them."
Ana, Porto
(Note from Mil Cores: we have become aware that the book Cape Roca is also used in the Architecture program of the Autonomous University of Lisbon)
Mais opiniões..   More reviews...
     
"Perante a qualidade das fotografias, nem tenho sequer palavras para exprimir a minha admiração e só me ocorre uma: deslumbramento!"
Maria Helena Mouat
  "Before the quality of the pictures, I can't even find words to express my awe, except for this one: dazzling!"
Maria Helena Mouat
Mais opiniões..   More reviews...
      
"Imagens Espectaculares"
Revista "Land Rover"
  "Spectacular images"
"Land Rover" Magazine (Portugal)
Mais opiniões..   More reviews...
 EUR 20  (portes gratis) Como encomendar  / How to order   /   Preços / Prices
Visita Guiada a este Livro / Guided Tour to this Book: 1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - 7 - 8 - 9 - 10 - 11 - 12 - 13 - 14 - 15


Veja a web nas cores certas com o Safari 4 / View the web in the right colors with Safari 4 (Mac & PC, freeware gratis) Porquê?

Grave a bookmark deste site
Please bookmark this site

Receba a nossa Newsletter
Subscribe to our

Contacte-nos
Contact us

TOPO
VISITA GUIADA
GUIDED TOUR
HOME

Mil Cores - arte fotográfica Contactos da Mil Cores - arte fotográfica